tempo de oportunidades

tempo de oportunidades

sexta-feira, junho 16, 2017

Filled Under:

A missão é para todos

Animados para a entrega dos livros
Por Célio Barcellos

No sábado, 10 de junho, fui atender a pequena Comunidade de irmãos na localidade de São Roque da Terra Roxa, São Gabriel da Palha/ES. Atualmente com cerca de 30 membros, é motivo de agradecer a Deus. Há algum tempo, a realidade era outra. Essa pequena igreja, fundada por irmãos de São Gabriel da Palha, chegou a ficar resumida a 4 pessoas: Alcino Lima, sua esposa Lucia, seu filho José Carlos e a neta Josinéia. 
Alcino Lima, Lúcia e José Carlos

Por 3 anos, pai, mãe, filho e neta, permaneceram fiéis, contando com a ajuda da família de Eva Paquiela, que aos sábados, falava para os quatro, no momento da Escola Sabatina. 
Tempo depois, a irmã Floriscena, juntamente com o seu esposo Antônio e o pequeno Augusto, chegaram para ajudar a igreja. Em seguida, por ocasião em que o Pr. Alex Will pastoreou o local, os jovens Michel, Roni e Leo, por algum tempo, se deslocavam de São Gabriel da Palha para atender aos irmãos.
Irmãs Floriscena e Lucia Lima
Há aproximadamente um ano, no período em que o Pr. Joely Gervá atendia a região, o atual líder do Grupo, Valmiran, juntamente com os seus familiares, deram uma nova cara à igreja. 
Não posso deixar de mencionar a pessoa do irmão Fernando Mauze. Esse homem, a bordo de sua caminhonete, parte de casa todos sábados bem cedo em busca de pessoas da família do Valmiran no interior de São Roque para estarem na igreja. É um verdadeiro missionário voluntário! Como fruto de seus estudos bíblicos, em breve, teremos batismos na localidade, para honra e glória de Deus.
Apesar das dificuldades que cada pastor encontra ao redor do planeta para atender ao rebanho do Senhor, certamente é muito gratificante encontrar pessoas com fome e sede da Palavra de Deus. E muito mais ainda, saber que existem pessoas voluntárias que nos fazem crescer no Ministério pastoral.
Sem esses preciosos irmãos, que, voluntariamente dedicam parte do tempo e de suas vidas para discipular pessoas, o ministério pastoral não teria êxito. Louvo a Deus pelos Distritos onde passei. Desde Montanha, Mantenópolis, Carapina e agora Jardim da Infância, fui agraciado por pessoas maravilhosas que sempre me apoiaram e apoiam.
Nesse mesmo sábado, 10 de junho, ministrei a Santa Ceia em São Roque. Ao retornar para São Gabriel, fui até à casa da Ivete Rocha para ministrar a Ceia para ela e o esposo Carlinhos, pois ela estava impossibilitada de ir à igreja.
Ivete e o seu esposo Antonio
Para fechar o ciclo de visitação, uma vez que ainda daria um treinamento para a ala missionário da igreja no final da tarde, fui juntamente com jovens da igreja do Jardim da Infância, visitar o jovem Narciso que decidira retornar para o Senhor. Após cerca de 15 km, chegamos ao local. E para nossa surpresa, a dona Olendina, 99 anos de idade, estava praticamente  12 anos sem congregar e sem tomar Santa Ceia.
Lider jovem Luciana Lúcio lavando os pés da irmã Olendina
Por providência, os emblemas ficaram no carro, pois havia saído da casa da irmã Ivete Rocha direto para essa visita. Alí, naquele momento, propus a Ceia e aquela senhora com toda felicidade do mundo, alegremente aceitou e participou de uma das cerimonias mais importantes da igreja cristã. E aproveitando a oportunidade, apelei ao Sr. Darciso, pai do jovem Tarciso e o mesmo decidiu retornar para o Senhor.
Luciana, Erniane, Preto, o jovem Narciso, seu pai Darciso e sua vó Olendina
Se tão somente, mais pessoas ajudassem a apascentar as diversas ovelhas existentes, o aprisco estaria mais robusto e saudável. A igreja não estaria tão carente de pessoal. Está faltando mais comprometimento e confiança no poder de Deus! Se mais pessoas se juntarem para a pregação, dificilmente teremos igrejas vazias e jamais deixaremos alguém por 12 anos sem atendimento. E tem mais: Ao invés de uma "alma", Deus enviará o dobro para fazer multiplicar o Reino.

Confiemos mais em Deus e apascentemos as suas ovelhas, esse é o dever de todo crente.

0 comentários:

Postar um comentário