tempo de oportunidades

tempo de oportunidades

sexta-feira, agosto 11, 2017

Filled Under:

21 anos dedicados a Deus


Por Célio Barcellos


A partir do pôr do sol dessa sexta-feira 11/08, os cultos na casa de Jean Carlos Zukowski e Iraceli Cristiane Hübner Zukowski não serão mais os mesmos. No entanto, mesmo em face do imenso vazio deixado pela perda do bem mais precioso que possuíam - Karoline Hübner Zukowski, a fé e esperança no breve retorno do Senhor permanecerão. 
Apesar da tristeza ter tomado conta da família Unasp, notei no casal Zukowski, serenidade, sorriso e confiança. Particularmente, fiz questão de comparecer à cerimônia fúnebre. Não tenho relacionamento próximo à família, mas tive a oportunidade de ter o pastor Jean Zukowski como professor no Mestrado. E em nome da IX Turma, fiz questão de abraçá-lo.


Ninguém é de ferro. No fundo daqueles corações, havia um vazio. Afinal, como bem disse os amigos: A Karol “era a bonequinha de pano”. E que pais tão dedicados não sentiriam a perda da sua bonequinha? 
Aquela jovem de apenas 21 anos, fará muita falta aos seus pais. Ou melhor, já está fazendo. Mas em nenhum momento os mesmos criticaram ou culparam a Deus. Pelo contrário, o tempo todo, foram gratos pelo milagre da vida e a oportunidade de terem cuidado da Karol. Uma menina que só encheu de alegria e orgulho o lar dos Zukowski.
Mesmo com as desvantagens em função da doença que a acompanhava desde os 6 anos de idade, essa jovem realizava o que pessoas normais faziam. Aprendeu piano e violino, teve aulas de canto, desempenhava funções no Clube de Desbravadores, foi missionária "além mar" e simultaneamente cursava duas faculdades. 


Eu não tinha amizades com a Karol. Porém, numa única vez, num Shopping em Campinas, a encontrei juntamente com os seus pais. Ali, por alguns instantes, pude trocar umas conversas com aquela família de dedicados obreiros do Senhor, que naquele ambiente, aproveitava um momento de lazer.
Portanto, apesar dessa perda irreparável e desse momento triste, a vida continua. Tanto para o casal Zukowski bem como para quem conviveu próximo dessa família sentirá muita saudade da jovem Karol. No entanto, é preciso prosseguir, mesmo com o coração partido. 


Força família Zukowski! Afinal, a “coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda.”(2Tm4:8). Essa era a certeza da Karol.
Maranatha! 

0 comentários:

Postar um comentário